quarta-feira, 19 de abril de 2017

Hoje às 18h27(RJ) o Sol entra no signo de Touro marcando um novo começo.

Sendo o segundo signo do zodíaco, situado entre Áries e Gêmeos, Touro materializa o que Áries começou: ser de Touro é exercitar mais amor e mais prazer de uma forma mais material. Regido por Vênus, Touro nos surpreende com um amor mais fincado no chão, com todas as suas raízes e complementos: financeiros, degustativos, sensoriais. O prazer faz sentido para touro e deve ser sentido, usado, comprado. A beleza e a arte, bem como o consumo, gostar do que é bom, o prazer tanto sexual, como gastronômico fazem sentido para Touro. Todo esse prazer conta com todo aval de Vênus, que também rege Libra, mas dá outro sentido aos sentimentos librianos.

Em touro, Vênus dita a seguinte regra: sensualidade, ancorado em um terreno sólido. São românticos por natureza, e gostam de se entregar a emoções fortes e prolongadas, pois o que mais curte, mesmo, é um amor sincero e duradouro, onde possam expressar seus desejos mais profundos. Para quem é de Touro, amor e paixão se misturam num só sentimento. São tenazes e persistentes, procuram sempre uma base sólida. Agem guiados por um objetivo definido e preferem os caminhos mais seguros. Com o dinheiro, touro tem um comportamento quase que amoroso – a relação é muito mais afetiva do que prática. Áries, o primeiro do zodíaco, é tomado pela ação, é o primeiro a plantar, e Touro espera pelos resultados, colhe o que Áries plantou. Tem senso prático para isso e seus pés estão sempre no chão. No mapa astral estão ligados à segunda casa que refere-se à vida material, às coisas concretas, o que se conquista através do esforço, a posse, o dinheiro, bens e valores materiais.

Touro tem capacidade de concentração, são persistentes, resistentes, e a energia desse signo é de capacitar o indivíduo a construir um patrimônio e solidificar um futuro tranquilo e seguro. Preza a realidade concreta e os prazeres de uma boa mesa.
De um modo geral são possessivos e por ter tanta persistência e resistência, podem se transformar em indivíduos teimosos. Têm taurinos que são mais lentos ligados à monotonia, e a melancolia. Tem os que são dominados pela excitabilidade, são ligados a fortes paixões e explosões súbitas de raiva.

Seu signo oposto complementar é Escorpião. Sobre o eixo Touro/Escorpião D. Emme Costet de Mascheville diz no seu livro Luz e Sombra: “Os taurinos querem o que realizam e possuem o senso de conservar, com todo carinho e amor, o que desejam. Mas Escorpião contraria a matéria física e quer despertar as forças latentes, a vida oculta nessa matéria, para uma transformação e uma renovação”.

As áreas sensíveis dos taurinos são: garganta, pescoço, orelhas, esôfago, tiroide, faringe, cordas vocais, lábios, amígdalas, glote, paladar, sistema linfático. São focos que cobram dos nativos desse signo maior atenção e cuidados. É associado à constelação Taurus, seu símbolo é o Boi. Forma com Virgem e Capricórnio um trígono de Terra.

Deus como designo deu a Touro a seguinte tarefa: “A ti taurino Eu dou a poder de transformar a semente em substância. Grande é a tua tarefa e requer paciência, pois tem de terminar tudo o que foi começado, para que as sementes não sejam dispersadas pelo vento. Não deves assim, questionar, também não deves mudar de ideia no meio do caminho, nem depender dos outros para a execução do que te peço. Para isso Eu te concedo o dom da força. Trata de usá-la sabiamente".
http://wp.me/sb0Xm-touro

Nenhum comentário:

Arquivo do blog